Impávido Plano Infalível de 2016!

2016

O ano de 2016 não foi realmente fácil, e nem preciso listar aqui a quantidade de dificuldades que o fazem assim. Justamente por isso foi um ano de provações, onde as reações a essas dificuldades deixaram claro os méritos de cada um. Por conta disso, resolvi não postar algo especificamente sobre quadrinhos, mas sobre nós, os planejadores, uma espécie de retrospectiva de nossos esforços aqui no site e a felicidade que isso nos trouxe diante de um panorama tão intenso.

15626138_1121258704653459_7670426152195972166_o
Os infalíveis na RV Quadrinhos (Salvador), onde fizeram escola! (foto com Flash)

Foi um período de retomada, de renovação, de se adaptar às novas questões. Para nós, do Plano Infalível, foi um ano de mudanças. Os três infalíveis que aqui se fazem presentes fizeram grandes esforços a cada postagem. Amigos que já viveram na mesma cidade e que tinham brandas preocupações, se encontraram distantes, em três lugares: Isabelle Felix em São Paulo, Edimário Duplat em Salvador e eu no Rio de Janeiro. Só essa descentralidade poderia minar qualquer projeto de se falar de quadrinhos num site, assustar aqueles despreparados… mas não nós! Cada um, também, ao seu modo, tinha uma miríade de dificuldades que poderia, a qualquer momento, dar falibilidade ao plano. Não falhamos.

Fizemos uma rotina bastante honesta e amistosa mesmo nesta distância, pensando cada pauta, cada questionamento, e com uma franqueza sem igual. Tivemos liberdades de pensamentos, independências, mas nada disso fez o plano desandar, soubemos criticar e ser criticados profissionalmente uns pelos outros. O Plano Infalível tem sido um espaço de aprendizado, e o feedback das pessoas que nos leem e assistem mostraram um diferencial que projetamos: nosso plano. Diante disso, o esforço na pesquisa, a criticidade leve, instrutiva e pro-ativa, nos forneceram o fruto certo: infalível.

Belle FelixIsabelle Felix fez divertidos vídeos (juntamente com Salem) sobre não apenas as obras como seus produtores. Conseguiu ligar quadrinhos e cinema com análises como a de Guerra Civil (Apesar do vídeo ser de 2015, está dando sabor ao nosso site em 2016), conseguiu montar listas de artistas do Artist´s Alley da Comic Con Experience (Num vídeo falando da de 2015 e noutro na mais recente). Fez pesquisas, pensou cada fala, roteiro, mas em momento nenhum abriu mão de uma espontaneidade amistosa. Em cada vídeo você vê (mesmo) Belle e suas abordagens sobre os temas eleitos. Entrevistou o Gerard Way, (uma incrível parceria com o site Universo HQ) listou quadrinhos pra chorar, apresentou sua bagagem de leitura de obras bizarras, falou de samurais em obras japonesas, guiou neófitos aos campos do catarse, entre outros vídeos não apenas presentes no site, como, também, no canal do youtube.

Edmario DuplatEdimário Duplat ligou seu vasto conhecimento, sua gana por pesquisa com suas habilidades jornalísticas. Com sagacidade, escreveu uma resenha de peso sobre a obra em quadrinhos Monstress, fazendo uso de todas as qualidades que listei acima. Esmiuçou sobre as imperfeições nas personagens da obra a ponto de que a maior parte do feedbacks de seus leitores é: “Fiquei com vontade de ler a HQ”. Maturou e publicou um dossiê sobre Star Trek de deixar qualquer fã sorridente e de cativar a curiosidade e a atenção daqueles menos envolvidos com a mitologia, relacionando as mudanças entre os suportes cinema e quadrinhos. Nosso “mestre dos magos” (Dá maravilhosas ideias, some… e volta pra resolver as coisas!) polemizou bastante ao criticar os recentes espantos do público diante de mudanças ocorridas na Marvel que envolvem representatividades de minorias. Claro, com muito didatismo e coerência.

SávioEste ano de 2016 foi onde minha pesquisa (dissertação de mestrado em História) sobre feminismo e Mulher Maravilha se tornou mais vigorosa. Por conta disso, faz do meu espaço, HQmnese, uma espécie de válvula de escape temática e laboratório de ideia se conceitos. Busquei ligar minhas bagagens intelectuais com os quadrinhos enquanto objeto e fonte de conhecimento, e tudo isso não apenas acessível como para além do “mitiê” dos quadrinhos. Assim, abordei antropologicamente o Tarzan,  psicologicamente o Coringa, além de análises históricas de quadrinhos peruanos e sobre a relação entre quadrinhos e África.  Claro que nisso tudo não deixei os estudos sobre Mulher Maravilha ou mesmo abordagens engajadas no feminismo. Além da felicidade de sintonizar meus estudos sobre erotismo e pornografia numa entrevista com Giovanna Casotto.

Não se trata, então, de um site para noticiar quadrinhos e informar sobre eventos e publicações. Existem muitos sites que fazem isso e temos aqueles que consideremos e prestigiamos. Nosso Plano Infalível é um fórum de abordagem crítica e de aprendizado. Entendemos e respeitamos aqueles espaços nas redes sociais e em outros formatos onde as pessoas falam o que bem pensam, despretensiosamente. Não é nosso plano. Consideremos importante lapidar nossas carreiras e onde os quadrinhos nelas se envolvem, com a responsabilidade de se fazer um bom trabalho. E é o público que, se divertindo conosco, pensando conosco, promovendo debates sobre os temas que elencamos, fez com que isso tudo valesse a pena!

A batalha continua! Por conta disso mesmo ainda temos muitos planos sobre a mesa, em 2017! Contamos com uma maior amplitude e um público cada vez mais disposto! Façamos muitos votos, tenhamos muito objetivos e, acima de tudo, elaboremos Planos Infalíveis para melhorar as coisas em nossa volta!

Abraço e até breve!

Savio Queiroz

Aprendeu história com quadrinhos e investiga quadrinhos com história. Ofício de Batman e vocação de historiador: consciência de detetive. “A consciência humana”, diz Augusto dos Anjos, “é este morcego”. Facebook: https://www.facebook.com/savio.roz

More Posts

  • Luiz Fernando

    De fato, vcs tem um trabalho diferenciado! Gosto muito do site e do canal do youtube e gostaria bastante de continuar acompanhando! Obrigado e parabéns!

    • Isabelle Felix

      Oooooh! Muito obrigada! Pessoas como você fazem com que a gente continue na produção de Planos! hihihihi